Plano de saúde religioso: Existem planos de saúde religiosos? Veja cristões que estão criando plano de saúde em nome da igreja

Possuir um plano de saúde é sempre uma boa opção, ainda mais com os altos preços que são cobrados em consultas e exames médicos atualmente.

Assim, se sua empresa não te oferece esta facilidade, cabe a você sozinho procurar uma empresa particularmente para pagar de forma individual um bom suporte hospitalar.

Plano-de-saúde-religioso

Porém, os altos preços dos planos e a curta abrangência, faz com que muitas pessoas abram mão deste benefício ou procure alternativas mais compensadoras para resolver esta questão.

É o que muitas igrejas vêm fazendo atualmente, é juntar um grupo de fiéis e contratar um plano coletivo, com a proposta de economizar reduzindo o valor individual de cada indivíduo.

Assim, iremos te explicar um pouco mais sobre esta prática das igrejas e se ela é viável ou não de ser aderida.

Como uma igreja pode possui um plano de saúde

Igrejas de grande porte e com uma grande quantidade de fiéis tendem a possuir CNPJ, desta forma a contratação de serviços é mais fácil além de se poder emitir nota fiscal.

Desta maneira, é cada vez mais comum encontrar igrejas que oferecem planos de saúdes para os membros, não como uma forma de comércio, mas sim apenas como uma facilidade aos menos afortunados.

A justificativa desses grupos é de se unir a fim de conseguir preços melhores do que aqueles que seriam pagos individualmente, cerca de 25% a menos que um plano individual.

Um dos motivos que leva os fiéis a procurar estes planos de saúde é o preço, pois, é como se uma empresa contrate este serviço e disponibilizasse aos seus funcionários.

Fora as igrejas, outra forma de conseguir um plano de saúde coletivo com um preço mais em conta é através de associações, como de moradores ou sindicatos.

Além do melhor custo, essa modalidade de plano é vantajosa em questão de carências que tendem a ser mais curta que um plano individual.

Também, como são mais pessoas envolvidas, a empresa prestadora do serviço possui mais segurança em relação ao pagamento.

Algumas desvantagens desta pratica

A principal desvantagem de se adquirir um plano de saúde religioso ligado à sua igreja é que a Agência nacional de Saúde Complementar não aprova esta prática.

O principal argumento da agencia é que o CNPJ da igreja não serve para esta função, sendo esta prática uma distorção dos valores religiosos.

Também, com esta procura cada vez maior dos grupos religiosos de se organizar e aderir próprios planos de saúde, pode fazer com que as empresas prestadoras destes serviços façam ajustes nos valores a serem pagos.

A agência ainda aponta que, isto deve ser observado de perto, para que as empresas não aproveitem desta oportunidade para cobrar valores acima da tabela em planos de saúde religiosos.

É preciso entender que em um plano coletivo a objetivo ideal é pagar menos mensalmente e não um valor próximo do que se pagaria em um individual.

Alguns fatores que você deve analisar

Outro fator que torna os planos de saúde religiosos um pouco duvidosos é que em alguns casos pode haver a exclusão de algum membro caso este adoeça e o plano não cubra tais tratamentos.

A justificativa usada é que o fiel doente está aumentando os valores a serem pagos pelo seguro, desta forma o mesmo é tirado do grupo.

Também, em planos de saúde empresariais, caso você tenha algum problema com a empresa prestadora de serviço, a sua empresa lutará a seu favor.

Deste modo, antes de fechar um plano de saúde com a sua igreja certifique-se de que esta não vá te abandonar caso você adoece e lutar juntamente com você contra a empresa prestadora de serviços.

É preciso ter segurança, uma vez que estes planos possuem esta finalidade, e assegurar que você seja atendido em caso de uma enfermidade inesperada.

Exemplos de igrejas que oferecem plano de saúde

A Paróquia Nossa Senhora Aparecida na cidade de Olímpia, passou a oferecer nos últimos anos plano de saúde para os seus 160 fieis.

Porém, a previsão é que cada vez mais igrejas adotem a essa prática, já que vêm se mostrado muito vantajosa.

Caso sua igreja já esteja oferecendo plano de saúde, é um caso a se pensar, pois além de mais econômico você estará inserido em um grupo de pessoas que você conhece e que compartilham da mesma crença religiosa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *